Tribuna | 25 de setembro de 2012 | Foto: Anderson Tozato

Foi durante uma das últimas grandes enchentes que atingiu a CIC, há aproximadamente dois anos, que a coordenadora da Pastoral Social do bairro, Maria de Fátima dos Santos, 39, percebeu que não poderia esperar mais para ajudar a aposentada Maria Aparecida de Jesus, 67. Enquanto a água subia pela casa, ela se abrigava em cima de uma cadeira, mas não queria deixar o local de jeito nenhum.

A casa em questão era uma construção de madeira na Vila Barigüi, com três peças, onde ela morou por 15 anos, cinco deles sozinha após o falecimento de seu irmão. “Era puro cupim. Não podia dormir de noite que ficava cheia de pó e os ratos puxavam meu cabelo pra fazer ninho. A casa estava caindo, mas não tinha força pra fazer nada”, lembra a aposentada, que também dividia espaço com sapos e insetos.

Desde então Fátima começou uma mobilização para construir uma casa para Dona Maria, que já tinha conseguido os tijolos com um vereador, mas que estavam ficando estragados pelo tempo sem uso. Assim, ela arrecadou dinheiro realizando festas e recebeu materiais doados pelos moradores da comunidade.

Mais de 30 pessoas contribuíram, das quais 20 participaram dos mutirões nos finais de semana para a construção da casa, que ficou pronta em menos de um ano. “Ficava muito triste em deixar a Dona Maria sozinha. Agora ela está feliz e dá pra viver sem medo da chuva e do vento”, comemora Fátima.

A casa de alvenaria está no mesmo endereço que a anterior e todos os móveis são novos, comprados com os recursos do benefício da própria aposentada, que mostra orgulhosa o que conquistou. Mesmo muito feliz com seu novo lar, Dona Maria ainda aponta um detalhe para que tudo fique perfeito. “Sempre sonhei que a casa era alaranjada e agora só falta pintar. Será que eu vou conseguir?”, deseja.

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/626769/?noticia=IDOSA+TEM+CASA+CONSTRUIDA+POR+MUTIRAO+NA+CIDADE+INDUSTRIAL