Carolina Gabardo Belo

Terra (finalmente) nossa

by CarolGB

Tribuna Regional – Sítio Cercado | novembro de 2015 | Foto: Antônio More

A notícia da tão esperada regularização da Vila Xapinhal, no Sítio Cercado, foi recebida com alegria pelas famílias que moram no local há 27 anos. Cerca de 40% dos que ainda estão na vila chegou à região na madrugada do dia 9 de outubro de 1988 e passou a morar inicialmente em barracas de lona. Com o passar dos anos – e de muita luta – a localidade tomou as formas que tem hoje e agora seus moradores estão prestes a receber a escritura de suas casas.

No dia 17 de outubro, o prefeito Gustavo Fruet assinou o decreto que aprova o loteamento da vila. Com a regularização da área, 1.738 famílias irão receber a escritura de propriedade dos terrenos onde moram. “Pra mim, como liderança, eu que estou aqui desde a primeira noite, é a tarefa cumprida. Todo líder comunitário tem um objetivo e o objetivo foi cumprido, que foi conquistar definitivamente a terra aqui mesmo. Quando a gente chegou, não sabia se iria ter”, comemora o líder comunitário Manoel Pereira da Cruz, 54, conhecido como Dentinho. “É também uma vitória da cidade, não só nossa, mas de todo o movimento de moradia”.

Vencedora
Maria Silas Cruz, 54, e suas duas filhas chegaram com as primeiras 500 famílias que ocuparam o grande terreno na região sul de Curitiba. Poucos dias depois, a população chegou a 3,2 mil famílias acampadas. “Morava de favor no fundo do quintal da minha irmã e senti que não tinha mais saída pra mim. Seria aquele momento”, conta.

Ela lembra que todo o processo foi uma “batalha muito grande”, mas agora se considera vitoriosa. “A vitória é maior ainda. Agora é só alegria, aqui consegui criar minhas filhas, minha casa está praticamente pronta e tenho um carrinho na garagem. Pra quem me viu há 27 anos, uma pobre coitada sem ter onde cair morta… Agora tenho como falar que isso aqui é meu, conquistei com luta, garra, carinho e amor”.

Novos desafios
Conquistada a regularização, Dentinho vê pela frente outras lutas pela vila. O líder comunitário destaca a necessidade de mobilizar os jovens em projetos sociais. “Precisamos continuar investindo na formação da comunidade, deixar a comunidade pacífica e ordeira para a inclusão dos nossos jovens, com projetos sociais. Esse é o nosso desafio”, comenta.

Origem planejada
O nome Xapinhal significa a junção dos bairros Xaxim, Pinheirinho e Alto Boqueirão, de onde vieram as primeiras famílias, apoiadas por comunidades pastorais. Antes mesmo da criação física da vila, a expressão já existia, pois foram pelo menos dois anos de planejamento. “Era um movimento que já existia. Decidimos acampar porque não tinha mais nenhum outro meio de conseguir onde morar. Esgotamos todos os recursos legais para conseguir ter um lugar pra morar e decidimos pelo acampamento”, explica Dentinho.

 http://www.tribunapr.com.br/cacadores-de-noticias/sitio-cercado/terra-finalmente-nossa/

Posted in Tribuna Regional |

Comments are closed.